O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, saudou expressamente nessa última quinta-feira, dia 16 de Novembro, a criação da REDE-TB dos BRICS como um exemplo de cooperação em pesquisa em tuberculose durante a abertura da 1ª Conferência Global Ministerial da OMS - Ending TB na Era do Desenvolvimento Sustentável: Uma Resposta Multisetorial, que ocorre na capital russa, Moscou. O fato é um marco excepcional para os esforços capitaneados pelo Brasil para ampliar a cooperação internacional para o enfrentamento da tuberculose, e um reconhecimento do modelo inovador de cooperação que se propõe a REDE-TB, onde academia, governo, sociedade civil, comunidades afetadas e indústria têm interlocução e sinergia. 
 
 
Além disso, o Secretário Executivo do Ministério da Saúde, Sr. Antônio Carlos Figueiredo Nardi, citou nominalmente a REDE-TB como o modelo de êxito em cooperação em pesquisa que tem favorecido um portfólio de desenvolvimento de estudos para o enfrentamento da tuberculose no Brasil. 
 
Ainda no início da manhã do dia 16, durante a reunião da Sociedade Civil com o Diretor da OMS e a Ministra da Saúde da Federação Russa, foram definidos os cinco nomes iniciais dentre os presentes no evento. Dentre os representantes comunitários para o Grupo Assessor da Sociedade Civil na Reunião de Alto Nivel sobre a TB indicada pelo Diretor.da Organização Mundial da Saúde, Dr Tedros Adhanom, foramescolhidos:
 
  • Blessi Kumar (Índia)
  • Ezio Tavora (Brasil)
  • Khairunisa Suleiman (Quênia)
  • Mandy Slutsker (EUA)
  • Yuliia Kalacha (Ucrânia)
  • Zied Mhirsi (Tunísia)
Ezio Távora, Coordenador do Projeto STREAM-CE pela REDE-TB e membro do CCAP TB BRASIL e do Global TB CAB estará representando a América Latina. Quatro dos cinco membros acima citados são do Global TB CAB, o que destaca a visibilidade e a importância do engajamento comunitário em pesquisa e no enfrentamento da doença. 
 

Sobre a REDE-TB

A Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose (REDE-TB) é uma Organização Não Governamental (ONG) de direito privado sem fins lucrativos, preocupada em auxiliar no desenvolvimento não só de novos medicamentos, novas vacinas, novos testes diagnósticos e novas estratégias de controle de TB, mas também na validação dessas inovações tecnológicas, antes de sua comercialização no país e/ou de sua implementação nos Programa de Controle de TB no País.


bt2

Contato

E-mail: redetb.rp@gmail.com

Tel: +55 (21)3938 - 2426
Tel/ Fax: +55 (21)3938 - 2431.

Endereço: Avenida Carlos Chagas Filho, 791, Cidade Universitária - Ilha do Fundão, Rio de Janeiro, RJ - Brasil. CEP: 21941-904

Assine a newsletter da REDE-TB

Curta REDE-TB no Facebook