O presente edital tem como objetivo as bactérias citadas pela OMS como prioridades para o desenvolvimento de novos fármacos.

Erroneamente, o CNPq abordou 12 microrganismos e excluiu Mycobacterium tuberculosis da lista. O mesmo erro foi cometido pela ONU e rapidamente corrigido. Historicamente, em 27 de fevereiro de 2017 a ONU lança a lista com os 12 microrganismos e exclui Mtb. Rapidamente (ver imagem do Lancet abaixo) Mel Spigelman presidente da TB Alliance alerta a ONU que rapidamente corrige a lista e responde da seguinte forma: "como a intenção era identificar ameaças à saúde previamente não reconhecidas devido ao aumento da resistência aos antibióticos. Já existe consenso de que a TB é uma das principais prioridades de pesquisa e desenvolvimento para novos antibióticos"

Assim, como o edital foi lançado com atraso, não houve tempo para impugnar tal edital. Solicita-se, humildemente, assim como foi feito com a ONU que o CNPq retifique tal edital.

Veja mais:

Link com a lista: http://www.who.int/…/WHO-PPL-Short_Summary_25Feb-ET_NM_WHO.…

Link da OMS falando sobre TB e Drug Discovery priority: http://www.who.int/…/WHO_report_highlights_TB_top_prior…/en/

edital cnq rede tb

Sobre a REDE-TB

A Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose (REDE-TB) é uma Organização Não Governamental (ONG) de direito privado sem fins lucrativos, preocupada em auxiliar no desenvolvimento não só de novos medicamentos, novas vacinas, novos testes diagnósticos e novas estratégias de controle de TB, mas também na validação dessas inovações tecnológicas, antes de sua comercialização no país e/ou de sua implementação nos Programa de Controle de TB no País.


bt2

Contato

E-mail: redetb.rp@gmail.com

Tel: +55 (21)3938 - 2426
Tel/ Fax: +55 (21)3938 - 2431.

Endereço: Avenida Carlos Chagas Filho, 791, Cidade Universitária - Ilha do Fundão, Rio de Janeiro, RJ - Brasil. CEP: 21941-904

Assine a newsletter da REDE-TB

Curta REDE-TB no Facebook